Notícias

Crescimento: agronegócio brasileiro segue avançando

crescimento-agronegocio-brasileiro-segue-avancando-1400x650

Dados do primeiro trimestre de 2018 já são animadores e indicam um crescimento de 3,17% do agronegócio brasileiro em PIB-volume neste ano. A análise positiva é Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), da Esalq/USP, em parceria com a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). Segundo o estudo, o impulso vem da agroindústria e dos elos estabelecidos por ela, perante a possível estabilidade do PIB-volume do segmento primário.

Esse despertar da agroindústria já pode ser sentido desde o segundo semestre de 2017 e foi influenciada pelos sinais de recuperação da economia geral do País. No entanto, a evolução apresentada pelo agronegócio como um todo não dita, ainda, o mesmo ritmo quando trata-se do número de ocupações no mercado de trabalho do setor. A única exceção é a própria agroindústria, que teve crescimento mais expressivo em produção e emprego.

Já em relação ao preços, os dados trazem um cenário de desvalorização dos produtos do setor em relação à média da economia. Estimativas apontam perda de 7,6% nos preços relativos do agronegócio. Com a pressão baixista da média de preços reais, a evolução significativa em volume de produção é suprimida e, com isso, estima-se queda de 4,7% no PIB-renda anual do setor. Nesse sentido, a redução do PIB-renda é pressionada, especialmente, pelo setor primário, para o qual o recuo é estimado em 19,1%.

Importante ressaltar aqui que, como a variação é calculada a partir da comparação entre os preços do primeiro trimestre de 2018 e do mesmo trimestre de 2017, a queda significativa está atrelada também ao fato de que esse período foi o de preços mais altos em 2017. Assim, à medida que a comparação anual passe a incluir mais meses (nas próximas estimativas do PIB), avalia-se que a taxa negativa seja amenizada ou até mesmo levemente revertida. Essa possível mudança no quadro é ainda reforçada pela perspectiva de aumento de preços de alguns produtos do agronegócio nos próximos meses, como o algodão, o milho, a soja, o trigo e hortifrutícolas.

Fonte: Cepea

Tristeza Parasitária Bovina: o que é e como tratar...
Bimeda reúne o que há de melhor no Brasil e no mun...

By accepting you will be accessing a service provided by a third-party external to https://www.bimeda.com.br/