Notícias

Bimectin 3,5%: solução da Bimeda no combate aos vermes e carrapatos

bimectin-35-bimeda-1400x650

Os parasitas internos e externos são os responsáveis por grandes danos econômicos e prejuízos na pecuária brasileira. Mortes, animais fracos, redução da fertilidade, queda na produção de leite e carne são consequências das enfermidades causadas por eles.

Responsáveis pelos maiores prejuízos na pecuária brasileira, as verminoses acarretam perdas bilionárias, estimadas em US$ 7,1 bilhões ao ano, podendo levar a redução de 20% na produção leiteira, comprometimento no desenvolvimento de animais jovens e perda de peso de até 40 kg por animal por ano no rebanho.

Os carrapatos são responsáveis por danos anuais de US$ 3,2 bilhões e o berne, as moscas do chifre e do estábulo e a bicheira, somados, causam um dano de US$ 3,5 bilhões por ano. Um estudo da Revista Científica de Medicina Veterinária estimou a perda de 10 milhões de cabeças por ano em razão das doenças causadas por parasitas.

Atenta às necessidades do produtor, buscando novas soluções para o dia a dia no campo, desenvolvendo produtos por meio de pesquisas e embasados em experiências no mundo todo, a Bimeda conta com uma linha de antiparasitários que age de forma certeira no combate aos vermes internos e externos. Acompanhe a leitura e veja como cuidar melhor do seu rebanho.

Bimectin 3,5%: eficaz contra bernes, carrapatos e parasitas internos

Bimectin 3,5% – BIMEDA

Entre os produtos da Bimeda está o Bimectin 3.5%, que conta com alta concentração de ivermectina, substância eficaz e recomendada no tratamento das infecções causadas pelos parasitas dos bovinos. De amplo espectro, a ivermectina paralisa e elimina vermes internos externos dos bovinos como os gastrintestinais, pulmonares, bernes, piolhos, ácaros e carrapatos.

Como um dos principais destaques de sua atuação está o combate aos carrapatos do gênero Rhipicephalus (Boophilus) microplus, que vivem parte da vida sobre os bovinos, alimentando-se do sangue do animal. Quando infectados transmitem, principalmente, Anaplasma e Babesia, doenças do complexo chamado de Tristeza Parasitária Bovina (TPB), um mal grave que acomete o gado causando anemia, perda de peso, redução na produção de leite, problemas na fertilização e taxas de natalidade e tem altos índices de mortalidade.

Além da eficácia contra o carrapato Boophilus microplus, Bimectin 3,5% é indicado em casos de larvas deDermatobia hominis(berne) e nematódeos gastrintestinais (vermes internos) dos gêneros Cooperia punctata, C. spatulata, C. Pectinata, Haemonchus placei, Trichostrongylus axei, Oesophagostomum radiatum, Trichuris discolor e Bunostomum phlebotomum.

Dose extra de ivermectina e longa ação

Por conta da alta concentração de ivermectina, Bimectin 3,5% age por um longo período após a aplicação e, dessa forma, requer menos manejos ao longo do ano, tornando o dia a dia na fazenda mais prático e dinâmico e com menos momentos de estresse para o animal. De fácil aplicação, o produto fica menos viscoso quando agitado no interior do frasco, além de ter baixa toxicidade. O Bimectin 3,5%, em solução injetável, está disponível em frascos de 50 mL, 500 mL e 1L.

Recentemente, a linha de antiparasitários Mogimec passou a se chamar Bimectin e Bimectin 3,5%. A mudança acontece no sentido de agregar excelência em qualidade e know-how ao mercado mostrando dessa forma mais um passo importante da expansão da Bimeda pelo Brasil e pelo mundo.

São décadas de atuação focados na Excelência Global em Saúde Animal sendo a confiança estabelecida com o produtor brasileiro o motor que nos impulsiona para novos desafios. Para saber mais sobre os produtos da linha Bimectin, acesse o site da Bimeda.

41ª Expointer 2018 tem mais de 400 atrações
Balanço do agronegócio brasileiro: números positiv...

Related Posts

By accepting you will be accessing a service provided by a third-party external to https://www.bimeda.com.br/